Miopia, Hipermetropia, Astigmatismo e Presbiopia

     

     A visão nítida é resultado da focalização das imagens na retina transformando-se em impulso    nervoso que é transmitido ao cérebro. Quando a imagem não é focalizada sobre a retina, a visão não é nítida, estabelecendo-se os diferentes erros de refração.

 

     Olho Normal

        

     No olho normal, a córnea apresenta curvatura adequada. A luz refletida por um objeto passa pela córnea,  pupila, cristalino e vítreo e focaliza-se ou refrata-se na retina. É, então, enviada o cérebro que a transforma em visão

 

 

 
   

Para ver como funciona o olho

normal, clique na figura.

 

Miopia

 

Na miopia, a córnea é muito curva ou o olho é muito longo em relação à córnea, fazendo a luz focalizar-se antes da retina. As pessoas míopes vêem as coisas próximas, mas a visão a distância é desfocada.
A miopia é, geralmente, hereditária e afeta em torne de 25% da população adulta. Na maioria dos casos, a miopia se desenvolve entre os 8 e 12 anos de idade e progride com o crescimento.Geralmente,se estabiliza a partir dos 18 anos.

 
   

Para ver como funciona o olho míope, clique na figura.

 

Hipermetropia

 

Na hipermetropia, a córnea é muito plana ou o olho é muito curto. A luz focaliza-se hipoteticamente atrás da retina. A pessoa pode ter problemas à distância e, às vezes, para ver muito perto.
Muitas vezes a hipermetropia só é detectada com a idade, pois enquanto a pessoa é jovem o olho consegue compensar a hipermetropia contraindo o cristalino, a lente natural do olho.

 
   

Para ver como funciona o olho hipermétrope, clique na figura.

 

Astigmatismo

O astigmatismo ocorre quando a córnea é mais curva numa direção que na outra. Isto faz que a luz forme mais de um ponto de foco. O resultado é uma visão borrada e distorcida. Geralmente, o astigmatismo apresenta-se combinado com a miopia ou com a hipermetropia.
   
     

Presbiopia(Vista Cansada)


É uma condição inevitável que surge normalmente em indivíduos após os 40 anos de idade decorre de uma perda de acomodação do cristalino provocando uma dificuldade para a visão de perto.